free bootstrap theme


PODCAST DO
HOSPITAL SANTA MARIA
DE SUZANO

Novo Coronavírus

1ª Temporada | Episódio 01

Convidada:
Dra. Rebecca Saad Quintela Pirotto
Médica Infectologista do Hospital Santa Maria de Suzano
(CRM: 111.092)

Apresentação:
Orfeu Albuquerque
Jornalista do Hospital Santa Maria de Suzano
(Mtb 29805)

Duração:
09 minutos

DISPONÍVEL NAS PLATAFORMAS:

PLAYLIST

1ª Temporada

Mobirise

Episódio 1: Novo Coronavírus 

Convidada: Dra. Rebecca Saad
Publicado em 12/02/2020

Mobirise

Episódio 2

Em produção

Mobirise

Episódio 3

Em produção

QUAL TEMA DESEJA OUVIR NO
NOSSO PRÓXIMO PODCAST ?

Escreva um e-mail para: hospital@hospitalstamaria.com.br

RESUMO DOS PODCASTS

     O Hospital Santa Maria de Suzano adotou uma série de rígidos protocolos  para o enfrentamento de eventuais casos do novo coronavírus, que vem  preocupando a população e mudando estratégias de profissionais ligados à área da saúde.
     Todos os colaboradores receberam uma cartilha detalhando o assunto e estabelecendo normas imediatas de conduta. Salas de isolamento foram providenciadas, assim como a disponibilidade de máscaras cirúrgicas, conforme informações da médica Rebecca Wagner Saad Quintela Pirotto, responsável pelo setor de Infectologia do Hospital Santa Maria.
     Ela ressalta que não há motivo para pânico. A preocupação só deve ser mais acentuada, destaca ela, se a pessoa foi à China – onde a doença teve origem e se espalhou – ou manteve contato com cidadãos daquele País, em cujas estatísticas apontam mais de 43 mil casos relatados com aproximadamente mil óbitos.
      No Brasil, cerca de 40 suspeitas foram analisadas, sem nenhuma confirmação. Os principais sintomas são parecidos com os de uma gripe, com febre, dores no corpo e dificuldade para respirar – a letalidade da doença é considerada baixa, em torno de 2%.
      ‘O Hospital Santa Maria tem uma estrutura muito boa e sua diretoria está empenhada em oferecer todo o suporte necessário, inclusive em eventuais casos do novo coronavírus. A equipe de multidisciplinar de profissionais também é excelente”, ressalta a médica, observando que a
doença é transmitida pelas vias aéreas e por contato com secreções.
      As recomendações são fundamentais: evitar aglomerações e utilizar métodos higiênicos ao tossir e espirrar, mantendo sempre as mãos limpas. Ela não vê razão para excesso de preocupação no momento e observa que as autoridades brasileiras estão tratando o assunto com sensatez e eficiência. Pesquisas científicas, sobretudo na China, começaram a ser
desenvolvidas para combater a doença.
       Para ela, o foco no novo coronavírus não pode tirar a luz sobre outras  doenças como a dengue e leptospirose, ainda mais nesta época do ano de  chuvas frequentes e acúmulo de água parada.